24 de dezembro de 2011

Confira a nova parceria de Ana Carolina e Maria Gadú chamada Reis

Posted in
REIS

Não se fere um Rei à ferro e fogo
Eu não desejaria o fogo, a febre.. um Rei
Seja cangaceira, carta espanha
Seja noroacã no canto servo - a lei


A cada grito,a porta aberta desespera
Ponta flecha, o sol além
Cada caravela que espero retorno
Da Era quimera Teixeira do desdém


Não se cala um canto, uma discordia
A língua que separa a prece ilude mesmo
e Deus...
Não se foge ao mar, procurar relíquia

Sujeitando a mata recriar no caos
A cada grito,a porta aberta desespera
Ponta flecha, o sol além
Cada caravela que espero retorno


Da Era quimera Teixeira do desdém
Disse manda o Rei - o Réu sou eu
E te manda o Réu - o Rei sou eu
Cangaceiro febril da terra inteira, o erro é meu


Da mortalha Teixeira que usou,
Cada prece iludida que preguei,
Desbravando meu peito sem fronteira
Agora eu sei

Disse manda o Rei - o Réu sou eu
E te manda o Réu - o Rei sou eu
Cangaceiro febril da terra inteira, o erro é meu
Da mortalha Teixeira que usou,


Cada prece iludida que preguei,
Desbravando meu peito sem fronteira
Agora eu sei
Não se fere um Rei à ferro e fogo


Eu não desejaria o fogo, a febre.. um Rei
Não se cala um canto, uma discordia
A língua que separa a prece ilude mesmo
Deus...



Para baixar a música clique Aqui

“Eu respeito muito a música e ela me dá isso de volta...”- Ana Carolina