14 de janeiro de 2012

O Passeio colorido da Cantora Ana Carolina

Posted in
Uma das gratas surpresas fonográficas do final de 2011 foi o álbum Ensaio de Cores, em que a cantora e compositora Ana Carolina usa e abusa da sua miscigenação musical. Ela passeia pela MPB romântica, levada pop, hip-hop e o samba. O caleidoscópio é maior já que a produção é uma junção entre música e pintura. Além de Ana (que também se aventura nas artes plásticas), outras musicistas mulheres fazem parte do projeto. O lançamento saiu em CD e vinil (primeira investida de Ana Carolina no formato), e em breve chega em DVD.

O CD traz 15 faixas, incluindo um potpourri com canções autorais (Claridade, Só Fala em Mim e Pra Rua Me Levar) e outro que reúne Feriado, O Amor é um Rock e Entre Tapas e Beijos. Três músicas em especial podem resumir o álbum e a relação entre as canções e as pinturas: As telas e elas, composição de Ana Carolina, Rai das cores, de Caetano Veloso, e Azul, de Djavan. Outras faixas do disco são Problemas, trilha da novela Fina Estampa, Você Não Sabe, do Totonho Villeroy, com uma pegada mais forte; o samba Pra Tomar Três, parceria com o Edu Krieger, e Simplesmente Aconteceu, de Dudu Falcão e Chiara Civello.

O mais feminino de todos os discos da cantora nasceu com um grupo formado exclusivamente por mulheres. E surgiu despretensioso. Era para ser um projeto especial, com apenas 2 shows no Rio de Janeiro e 2 em São Paulo, com repertório temático, mesclando músicas autorais e releituras, com uma formação menor, intimista, apresentando o lado pintora da artista. A ideia deu muito certo e Ana Carolina acabou caindo na estrada no segundo semestre do ano passado. O CD e o vinil (primeira investida de Ana Carolina no formato) chegaram às lojas no mês passado, e o DVD e o Blu - Ray são aguardados para esse ano. Ainda em fase de finalização, o DVD ao Vivo perpetua o show criado pela cantora com inspiração em suas pinturas e será lançado em edição do selo Armazém distribuída pela Sony Music. O projeto teve início quando Ana Carolina começou a pintar para aliviar a tensão com o álbum Estampado. "A pintura se instalou fortemente em mim, pouco antes do lançamento de um álbum tão emocionalmente conturbado, que cheguei ao ponto de criar uma tela para cada canção. Para aliviar a sensação aflitiva do registro das canções em estúdio, eu pintava para ver aquelas canções que só ouvia".



Só mulheres

Á frente da banda de Ensaio de Cores estão experientes artistas, como Délia Fischer no piano, Gretel Paganini, no violoncelo, Lanlan na bateria e percussão, além, é claro, de Ana Carolina, na guitarra, violão, pandeiros e baixo. "Se encaixou perfeitamente no que eu procurava, uma sonoridade de banda. Ali, eu me sinto a vocalista da banda, não a cantora, além de trazerem naturalmente mais delicadeza aos arranjos", revelou em entrevista ao programa Hoje em Dia, da Tv Record.
Arte e solidariedade

No show de Ensaio de Cores, Ana Carolina expõe telas que começou a pintar em 2002, antes do lançamento do álbum de sucesso Estampado. Além de serem projetadas em telões como cenário do show, elas foram colocadas à venda como parte da renda destinada à Associação de Diabetes Juvenil - (ADJ). A artista é diabética desde os 16 anos.


Fonte: Gazeta Digital




“Eu respeito muito a música e ela me dá isso de volta...”- Ana Carolina